surfreporter

publicar Cadastre-se na rede social do surfe
0seguindo
4seguidores

Maradas Maradei Santos

postagens sobre

Casal é destaque no Rip Curl Guarujá Open 2017

08/10/2017 07:47

Mais do que as disputas pelos títulos municipais e também a definição do supercampeão da temporada, a 3ª e decisiva etapa do Rip Guarujá Open de Surf 2017 conta com várias boas histórias. A competição está confirmada para os dias 13, 14 e 15 deste mês, na praia que oferecer as melhores condições de ondas na ocasião. Entre os personagens que fazem o sucesso do campeonato está o casal Guilherme Silva e Renata Panzenboeck.

Namorados, os dois competem, coincidentemente aparecem em quinto lugar em suas categorias e também têm em comum, a paixão pela luta. Eles treinam juntos, tanto surfando quanto no muay thai, modalidade asiática que Renata incentivou Guilherme a fazer. “Agora só treino por hobby. É um esporte que nos ajuda na resistência”, fala a atleta, que já foi campeã paulista e bronze no Brasileiro de Kickboxing, em 2014.

Nas lutas, ela brinca que é a melhor entre os dois, mas nas ondas o técnico passa a ser ele. “Eu ensinei ele a lutar”, diz rindo. “Agora, no mar, ele que me treina”, acrescenta Renata. “Surfo desde pequena. Comecei a lutar, me apaixonei e fiquei uns quatro anos lutando. Por influência de uns amigos comecei a brincar na água e como o meu pai não queria mais lutas, me incentivou a voltar ao surf”, conta.

Guilherme já foi campeão mirim e júnior em 2013 no Rip Curl Guarujaense. No ano passado, sofreu uma lesão no joelho que o afastou das competições logo no início de sua trajetória como profissional. Agora, recuperado, ele vem buscando ritmo para chegar junto nas disputas. No campeonato, já apresentou um bom surf e nas duas etapas chegou às semifinais na categoria pro-am.

“Perdi ritmo. As baterias que estou perdendo é por estar fora de ritmo. O joelho está 100% e agora são só detalhes para voltar ao pódio”, afirma Guilherme. Os dois, além dos treinos de surf e de muay thai, são estudantes universitários. Ela cursa Educação Física, na Unaerp, e foi eleita Rainha dos Jogos da Unisanta, este ano, por sua beleza, e ele Administração na Don Domênico. Com tantos compromissos, namorar fica quase restrito aos sábados à noite. “Isso quando não tem campeonato”, lembra Guilherme, falando que a rotina ligada ao esporte deixa sempre o casal unido.

A 3ª e última etapa do Rip Curl Guarujá Open terá dez categorias em disputa, além da Re/Max Session, uma bateria especial, valendo R$ 500,00 para o autor da manobra mais radical. Na pro-am são R$ 3 mil de premiação, com R$ 1.050,00 ao primeiro colocado. Outra grande atração no evento será a disputa do supercampeão, entre os campeões municipais, com uma viagem para a Indonésia de prêmio, oferecida pela Ocean Travel.

O Rip Curl Guarujá Open 2017 é apresentado pela ASG. Patrocínio: Sucos Do Bem. Apoios: Prefeitura Municipal de Guarujá, através da Secretaria de Esportes e Lazer, Imobiliária Re/Max Beach Home Leads, Cowork & Surf, Najaca Publicidade e Propaganda, Lion Nutri, Faup Comunicação Visual, Ocean Travel, Millenium, Rip Wave, CFour Shaper Supply, Fu Wax, CT de Surf Lugar ao Sol, Colégio Don Domênico, Cross Fit Guarujá, Subway e Restaurante Saborear Pitangueiras. Supervisão: Federação Paulista de Surf. Divulgação FMA Notícias e Revista Hardcore.

compartilhar

174
0