surfreporter

publicar Cadastre-se na rede social do surfe

Fabricio Fernandes

postagens sobre

Como se constrói um campeão? Qual a Luz no fim do tubo?

07/09/2017 09:53

Não estudo só surfo. Foi a resposta de um garoto pobre, de 15 anos, que havia acabado de ganhar a etapa de um campeonato no Recreio RJ, me deu quando perguntei em que ano do Colégio estava.

Como assim não estuda?

Será que ele acha que viver de Surf está fácil?

Quantos campeonatos por ano acontecem por mês nas grandes capitais do país? E nas cidades menores?

Como um garoto da favela na era da tecnologia e do profissionalismo do Surf vai projetar sua carreira sem estudo?

Ser atleta atualmente exige muito mais do que simplesmente ir para o mar e surfar.

Com isso, esse garoto pode até ganhar etapas em seu bairro, seu estado. Mas se for para sair Brasil a fora ou pelo mundo, aí a coisa complica.

Como conseguir um patrocínio se não souber falar, for um cara apresentável, souber usar as mídias sociais?

Sim, um manager pode ajudar muito. Mas hoje as marca querem caras que sejam a sua imagem, que deem retorno dentro e fora d'água.

Um atleta precisa estudar julgamento, entender regras, fazer filmagens analisando suas deficiências se comparando com os tops. Sempre a manobra pode ser mais crítica, jogar mais água, o arco mais longo, o tubo mais fundo.

É preciso esforço, dedicação brutal, treinar fisicamente, trabalhar o piscícologico, estudar seus adversários e ondas que vai surfar. Cuidar da alimentação, se manter longe de drogas, festas e dormir cedo.

Se o objetivo for o mundo, surfar a mediocridade das ondas da porta de casa não vai ajudar em nada. O peso de alguns picos e a água gelada de Arica no Chile, por exemplo, vai fazer muito barbado borrar as calças.

Ler as biografias dos Surfistas de sucesso vai ajudar a fugir de roubadas, motivar, dar dicas de locais difíceis, das dificuldades de certas ondas e táticas de baterias.

Um último item a se falar é o estudo da língua falada mundo a fora, o inglês. Não só esse inglês pobre de cursinhos, mas fluência. Ler, ouvir, escutar, treinar.

Só surfa? Se você não desenvolver o raciocínio sistêmico, esqueça; o máximo que você vai conseguir é um sucesso fulgaz na sua região!

Ah, educação, respeito e humildade dentro e fora d´agua abrem portas em qualquer lugar do mundo.

@faunning

compartilhar

461
0