surfreporter

publicar Cadastre-se na rede social do surfe
0seguindo
4seguidores

Maradas Maradei Santos

postagens sobre

Em Maresias, Gabriel Medina é o anfitrião dos talentos da nova geração da Final Internacional do Rip Curl Grom Search 2017

04/05/2017 03:15

Com Gabriel Medina como anfitrião, começou nesta terça-feira (2) a Final Internacional do Rip Curl Grom Search 2017, apresentado por Coconut’s Maresias Hotel. A competição está sendo realizada pela segunda vez no Brasil, novamente na Praia de Maresias, em São Sebastião, e desta vez, inspirada pela criação do Instituto Gabriel Medina (IGM). E foi na própria sede da instituição que Gabriel concedeu coletiva de imprensa para falar sobre um dos principais eventos mundiais para a nova geração do surf.

Estarão em ação 16 surfistas de oito países, todos com limite de 16 anos, sendo quatro deles brasileiros, três deles atletas do IGM. Gabriel foi o campeão em 2010, na Austrália, quando ainda tinha 15 anos. Outro grande exemplo de sucesso é a australiana Tyler Wright, que despontou com o título nesse torneio e hoje é a atual campeã do WCT.

“Realmente, as portas se abriram para mim nesse campeonato. Fico feliz em receber essa garotada aqui em Maresias, num campeonato tão importante como esse. Não só eu passei por esse evento, como todos os meninos que estão no Tour hoje”, falou o primeiro brasileiro campeão mundial de surf, que logo após participou da cerimônia de abertura no Coconut’s Maresias Hotel, no deck da piscina, de frente para o mar.

Gabriel deu as boas-vindas aos atletas e depois acompanhou uma apresentação de capoeira, representando a cultura brasileira. Os atletas estrangeiros foram convidados a entrar na roda e, mesmo sem gingado, tentaram jogar capoeira. Ainda nesta terça-feira, os competidores fizeram um free surf e depois foram até o IGM. O dia terminou com um churrasco. Todos eles estão hospedados juntos no Coconut’s, garantindo um ambiente mais amistoso, apesar da disputa esportiva por um título mundial.

Com a janela de espera até o domingo, a competição já deve ter as primeiras disputas na manhã desta quarta-feira (3), no meio da Praia de Maresias. Entre os destaques da competição, o principal nome, sem dúvida, é da norte-americana Carol Marks, que em 2015 quando a competição foi realizada em Maresias foi a vice-campeã do Rip Curl Grom Search e depois sagrou-se campeã mundial júnior no ISA Games.

Os brasileiros chegam fortes com os campeões nacionais de 2016, Leonardo Barcelos e Louisie Frumento, e os dois wild cards, Carol Bonelli e Daniel Adisaka. Esses três últimos treinam diariamente no IGM e conhecem bem o pico. Carol ganhou a vaga de convidada por ser a campeã do Circuito Medina e a vice no Rip Curl Grom Search, enquanto que Adisaka levou a seletiva feita entre os atletas do IGM, superando Sergio Luan e Fernando John John.

Também estarão em ação Yael Pena, da Espanha; Ellie Turner, do Reino Unido; Rio Waida e Dhea Nastasya, da Indonésia; Caleb Cutmore e Elin Tawharu, da Nova Zelândia; Kade Matson,dos Estados Unidos; Jay Brown e Sasha Beker, da Austrália; Gaspar Larragneguy e Catalina Mercere, da Argentina.

A Final Internacional do Rip Curl Grom Search 2017 é apresentada por Coconut’s Maresias Hotel, com apoio do Instituto Gabriel Medina, Prefeitura de São Sebastião, Associações de Surf de São Sebastião (ASSS) e de Maresias (ASM), Federação Paulista de Surf, Ocean Travel e divulgação da FMA Notícias. Realização: Rip Curl.

compartilhar

180
0