surfreporter

publicar Cadastre-se na rede social do surfe

Fabio Godoy

postagens sobre

The Wave Bristol: surge uma nova piscina de ondas artificiais na Inglaterra

20/02/2016 19:23

Depois de Kelly Slater apresentar sua piscina, a corrida pelo “surfe em ondas artificiais perfeitas continua e surge a The Wave Bristol, novo empreendimento inglês que promete não ser apenas uma piscina de ondas artificiais. O projeto baseado na cidade de Bristol, na Inglaterra, nasceu com um discurso muito bem articulado, baseado em três pilares: surfe, saúde e educação.

Na verdade, a ideia surgiu cinco anos após a morte do pai do osteopata Nick Hounsfield. Diante da perda, ele decidiu fazer algo que fosse ao mesmo tempo grande e transformador, capaz de gerar um legado para o futuro. O surfe, pelo poder do marketing e sua relação íntima com a natureza e o interesse cada vez maior na Inglaterra, caíram como uma luva no conceito idealizado pelo empresário, que também pensou em algo como um destino de viagem para pessoas com um interesse em comum: saúde e felicidade. Com uma área disponível e excelente densidade demográfica (a mais populosa do sudoeste inglês), Bristol também pintou como local ideal.

Depois de montado o projeto, veio o sucesso do crownfunding, o financimento coletivo do projeto, que superou a meta orçada em 146%. As pesquisas continuaram e a Wave Loch foi a tecnologia escolhida em detrimento a Wavegarden, já utilizado em Surf Snowdonia, a piscina localizada no País de Gales. “Descobrimos que a nova tecnologia Surf Pool poderia entregar seis a oito ondas por minuto e com quebras de esquerda e direita em três zonas. Isto seria igual a seis pessoas por onda, oferecendo 15 a 20 ondas por hora para cada surfista, e de todos os níveis“, explica.

Agora fica a expectativa por mais notícias. Se você quiser mais informações sobre o empreendimento clique AQUI.

Característiscas:
1- Ondas de 1.5m perfeitas quebrando esquerda e direita na onda primária
2 -Três zonas atendendo a diferentes níveis de habilidade
3 -As ondas serão geradas a cada 10 segundos
4- Habilidade para ajustar o tamanho e forma para competições e treinamento de elite
5 -Não há estruturas permanentes dentro do próprio lago
6 -Surfista será capaz de remar de volta para o início da onda e, portanto, melhorar a sua aptidão e técnica
7 -Fonte de energia renovável

Por: Noticias do Mar

compartilhar

2359
0