surfreporter

publicar Cadastre-se na rede social do surfe

Fabricio Fernandes

postagens sobre

Hereda Surf Hostel!

22/04/2015 19:52

Comecei a surfar no Secret no meio dos anos 80, quando ainda chamávamos ali de Corrente e sempre que sobrava um tempo era para lá que eu ia. Em um dia nos anos 90, quando o pico já não tinha mais nada de secret, em um dia muito crowd, vi que três garotos loiros se destacavam dos demais surfando muito acima da média, base lip muito forte, velocidade extrema e modernidade absurda. O menor dos três parecia um competidor do circuito mundial com aéreos estratosféricos rodando, em uma época que ninguém fazia aquilo! Perguntei a um cara no mar quem eram aqueles garotos e ele me disse, são os irmãos Hereda, o futuro do surf baiano. Anos depois, cada um seguiu sua vida, Michel continuou em Salvador, Leo e Ângelo foram morar no Rio de Janeiro, onde há três anos também vim morar. Um dia surfando no pico que adotei como minha casa, posto nove do Recreio, vi um cara mandando umas batidas de backside estilo Occy, com muita pressão e força. Apenas estranhei com a temperatura da água em torno de 22 graus o cara estar de long John, o que fez com que eu pensasse que ele deveria também ser nordestino. Me aproximei e começamos a conversar, e para minha surpresa era Ângelo Hereda, aquele mesmo garoto de quase vinte anos atrás que morava na rua paralela a minha em Stella Mares. Começamos a conversar e ele me contou que já morava no Rio a 15 anos, que estava casado, com dois filhos e que tinha aberto um hostel na praia da Macumba. Nos tornamos bons amigos e fui visitar o seu estabelecimento em um churrasco que ele fez. Fiquei impressionado com o hostel. Localizado ao lado do Rico point, de frente para o pico, com vários quartos, piscina, chuveiro, racks para pranchas, garagens para os carros com possibilidade de aluguel de pranchas e aulas de surf ministradas por ele. Tudo isso em um clima extremamente familiar, uma boa área externa com TV e cozinha excelente com sucos, açaí, sanduíches e um churrasco de dar inveja a qualquer gaúcho.

Mas de tudo isso o que mais gostei foi a possibilidade de interagir com pessoas de outras culturas. Passei a noite conversando com Gaúchos, cariocas, ingleses, suecos e argentinos. O hostel de Ângelo respira surf e Tb Jiu-jítsu, já que ele tem parceria com a academia Noguera onde Anderson Silva treina e por isso alguns lutadores de renome, inclusive internacionais, se hospedam lá.

compartilhar

1033
0