surfreporter

publicar Cadastre-se na rede social do surfe
2seguindo
0seguidores

Nancy Nancy

postagens sobre

Lost conectada ao surfe

21/10/2017 21:34

Entre as diversas ações programadas para a temporada, a ...Lost aliou-se a um dos maiores grupos de varejo do mercado surfwear formado pela Surf Trip (além da KYW e Super Tubes) para patrocinar a decisão do circuito SP Contest, evento exclusivo para moradores da Grande São Paulo e Capital, que acumula 16 anos de estrada e é considerado um dos maiores campeonatos amadores do país. A prova chega à reta final neste fim de semana (21 e 22/10) em um dos melhores picos do Estado, a praia de Maresias, no litoral Norte de São Paulo.

Ao longo de 16 anos, o campeonato reuniu mais de 500 participantes, distribuindo cerca de 270 pranchas e mais de 2,5 mil kits, sem contar viagens internacionais e nacionais. O resultado do trabalho reflete na revelação de talentos da região, que se destacam no cenário nacional (como Ryan Kainalo) e regional (Thiago Meneses, entre outros). “Conseguimos reunir duas empresas de ponta do mercado para fortalecer o circuito e seguir com nosso papel de fomentar o surfe paulistano, considerado um dos principais nichos do segmento no Brasil”, destaca Eduardo Nascimento, idealizador e organizador do circuito.  

O evento recomeça neste domngo às 8:30 horas em frente à Lost House, QG da marca que tem uma vertente cultural e ocupa um casarão na badalada praia, um dos melhores surf spots do país e agita a região com a realização de shows, eventos e test-drives de pranchas.

“A Lost ainda não havia patrocinado nenhum evento de formato convencional como o SP Contest, mas como já trabalhávamos com a casa na praia de Maresias, vimos uma excelente oportunidade de apoiar também o surfista da grande São Paulo”, explica Igor Morais, ex-surfista profissional e atual chefe de equipe da marca. Segundo ele, a Lost House é a principal ação da empresa para este ano. “Queremos retomar as raízes e provar que somos uma marca de surfe e que apoiamos o esporte e nossos atletas”, explica Morais.

Além do SP Contest, em sua trajetória no Brasil a ...Lost patrocinou o “Lost Air Simulator”, fez um concurso de bandas denominado “Lost Band Search”, bem como o “Board Gallery”. “São eventos que exploraram outros pilares muito fortes da marca”, destaca ele.

A ...Lost foi criada no início dos anos 90 pelo icônico shaper e surfista Matt Biolos, eleito o melhor shaper do mundo na última década em reconhecimento ao seu caráter inovador. Em sua equipe já passaram lendas como Tommy Patterson, Terry Senate, em Randy Sleigh, Jim Fuller, entre outros. Nos últimos anos, as pranchas ...Lost estão no quiver da maioria dos surfistas da elite mundial por livre e espontânea escolha, incluindo modelos mais populares da linha como V2 Rocket, Lost Mini Driver e Lost Beach Buggy.

 

Com uma visão única, Matt Biolos, também conhecido como Mayhem, iniciou sua trajetória na Califórnia como shaper de pranchas e criador de estampas ainda na adolescência, e fazia também flyers de sua banda, chamada Mayhem. Desde então a marca acompanha o crescimento do surfe e explodiu mundialmente. Presente no Brasil desde 2002, é uma marca de surfe com raízes no punk rock, na arte, fazendo tudo sempre com muita diversão. O lema da marca, segundo o próprio criador é ‘Surf, Party and Repeat’. Com um espírito contestador e de quebra de paradigmas como diferencial, a ...Lost traz para o consumidor a qualidade superior nos produtos de lifestyle desenvolvidos com tecnologia de produtos de performance.

 

Sua equipe de atletas é comandada pelo ex-surfista profissional Igor Morais e reúne no time Alex Ribeiro, Wesley Santos, Herbert Moreno e Dávio Figueiredo. “Alex Ribeiro é um atleta de performance que traz o conceito do esporte que queremos somar para a marca. Wesley Santos está conquistando um espaço de destaque, assim como o Herbert Moreno. Já Dávio Figueiredo traduz o lifestyle de caos e desordem que faz parte do DNA da ...Lost”, explica Morais.

A 16ª edição do circuito Surf Trip SP Contest tem patrocínio da Surf Trip ...Lost e MCD. Apoio: Associação de Surf de São Sebastião, Associação de Surf de Maresias e Prefeitura Municipal de São Sebastião. Realização: Associação de Surf da Grande São Paulo e Federação Paulista de Surf.

compartilhar

638
0